Rotinas

O regresso das férias e o início do trânsito

As horas no trânsito

É um desafio diário, verdade?
As horas mais mal gastas do meu dia. Até podia dizer que aproveito para me preparar ou relaxar, mas a maior parte das vezes acontece o contrário. Fico stressado e confesso que o nível de mau humor ou a falta de paciência possa subir um bocadinho…

Isto de enfrentar o trânsito nas cidade grandes não é fácil!
Ao longo dos anos de condução tenho vindo a tentar encontrar algumas mecânicas para que o tempo passe mais rápido enquanto fico parado na estrada e não paro de ficar surpreendido!

O primeiro passo para enfrentar o trânsito é dar o meu melhor na minha playlist. Muse, Jack Johnson, Thievery corporation, Nitin sawhney, Air, Radiohead, Corrine Bailey Rae, Thicke e Bruno Mars,  são alguns dos meus favoritos, claro!

Ainda descobri que sou ótimo a inventar e misturar letras.

Outro truque: Aproveito para ir treinando as minhas falas. Se alguma vez passarem por mim e eu estiver a falar sozinho, é precisamente isso que estou a fazer – Não tirem conclusões precipitadas, está tudo controlado! E é ainda uma boa opção, acreditem. Ajuda a passar o tempo, torno as horas de trânsito de certa forma úteis e na hora das gravações tenho as falas todas decoradas. Impecável!

Ainda consigo, de vez em quando, distrair-me no trânsito com coisas, sei lá. Conto quantos carros improváveis aparecem na estrada e às tantas até dou por mim a criar de alguma forma, uma brincadeira ou piada engraçada com as matrículas. 

Aparentemente estas opções não têm pés nem cabeça mas posso garantir que até ajudam a passar o tempo.

Quanto a vocês, não sei bem qual é o vosso método, mas sei que os devem ter! Se resultar convosco, eu aceito sugestões! 😉