Sim, eu sou o Castiçal!

    A poucos dias da estreia do espetáculo de ”A Bela e o Monstro no Gelo”, vou contar-vos a experiência que tive, desde o aprender a andar de patins (como quem diz– a deixar de cair ao chão) – até à realização que senti por ser uma personagem deste musical.

    Foi um mês intenso a ensaiar no Porto, a dividir-me entre cá e lá, com poucas horas de sono, às vezes com momentos mais frustrantes, mas tentei ser objetivo e focar-me. Sabia que ia conseguir e acima de tudo nunca desisti de mim.

    E assim nasceu mais um projeto, mais um trabalho, mais uma vitória!
    Juntamente com 14 atores, cantores, bailarinos e patinadores, realizamos uma peça cheia de magia, vivemos uns dias magníficos, aprendemos muito uns com os outros, e confesso que cheguei a ter dúvidas quanto a aprender a patinar.
    Achei que seria muito mais fácil, mas foi um desafio. Ainda assim, conseguimos juntar às quedas umas boas gargalhadas, risos e boa disposição.

    Mas consegui! Passei este tempo sempre rodeado de pessoas fantásticas, desde a direção artística aos meus colegas de trabalho, a partilhar histórias e experiências da nossa profissão, a viver a peça e aventuras que fizeram parte desta jornada! Foi um prazer partilhar estes momentos com todos eles.

    Quanto à minha personagem, não podia ter-me divertido mais….
    Sim, eu sou o Castiçal!
    Não vou revelar tudo sobre a minha personagem porque quero muito que venham assistir,
    tenho a certeza que vão gostar muito da peça e as crianças também, por isso juntem a família e venham assistir à peça, que tem data marcada para 17 de novembro a 7 de janeiro, no Alegro Alfragide.

    Com este espetáculo, tenho a certeza que vão começar a sentir o espírito natalício, a energia do Natal a dançar e a cantar ao som das músicas de ”A Bela e o Monstro”.

    Venham divertir-se, venham ver a peça, tragam os mais novos, e passem um momento fantástico connosco.

    Claro que não posso deixar de agradecer o convite, à direção, aos meus colegas, a todos os que ajudaram a concretizar esta personagem. Mais uma vez, foi um prazer!